| Giro | 

“Assim como em 2018, a final será no Domingo e não no sábado. A experiência em 2018 foi um sucesso, pois privilegiou a presença das famílias que, muitas vezes, trabalha no sábado pela manhã e não tem a oportunidade de acompanhar e prestigiar os filhos”, comenta o Professor José Mário Orlandi, um dos auxiliares da coordenação da Giro. “Já na sexta feira, dia 24, a escola vai ferver com os eventos preliminares. Esperamos o empenho e a animação de sempre, comenta”.

Como metodologia associada à disciplina de Empreendedorismo, a Giro tem sua origem na educação sócio emocional e nos Treinamentos Corporativos Experienciais, que vem se tornando cada vez mais populares entre instituições de ensino e empresas em todo o mundo e permite aos participantes vivenciarem cada atividade proposta, absorvendo até 70% a mais do que acontece em aulas e atividades escolares convencionais. Espera-se que, assim, os participantes levem os ensinamentos marcantes para a sua vida profissional e pessoal.


Talento, para as organizações, refere-se às pessoas que apresentam alta performance e estão alinhadas à cultura e aos valores da empresa.


Hoje, o perfil solicitado pelas empresas para contratação passa por características pessoais que permitem ao colaborador aprender continuamente (Conhecimento – Saber), aplicar esse conhecimento para resolver problemas, para criar e inovar (Habilidade – Saber Fazer), assim como sua capacidade de alcançar metas, agregar valor e obter excelência ao trabalho executado (Atitudes – Querer fazer). Esta noção de competência orienta a estratégia de contratação, de qualificação e determina a remuneração dos trabalhadores. Também é decisiva no perfil empreendedor, motivado pela auto-realização, pelo desejo de assumir responsabilidades e ser independente.

POR QUE UTILIZAMOS O TERMO “GINCANA”?

O termo Gincana é utilizado para definir um conjunto de tarefas disputadas entre grupos diversos, com o mesmo objetivo final. É adequado por dar a atividade um caráter lúdico, relacionados com jogos e com o ato de brincar, proporcionando prazer e divertimento as pessoas envolvidas, sem dispensar os conceitos teóricos abordados nas disciplinas técnicas como Empreendedorismo e Criação de Negócios.
Os conteúdos lúdicos são extremamente importantes na aprendizagem por incutir nos jovens a noção que aprender pode ser divertido. As iniciativas lúdicas nas escolas potencializam a criatividade e contribuem para o desenvolvimento da cognição e de virtudes inter e intrapessoais.

O ciclo ocorre quando, a partir de determinada tarefa, o grupo estabelece certo nível de análise através das práticas e dos resultados obtidos. Quem já não ouviu falar que “fulano é um bom técnico, mas o seu comportamento é péssimo!”. Pois é, a Gestão por Competências não está somente preocupada com o conhecimento técnico (habilidade), mas sim com o comportamento das pessoas dentro das organizações que, na sua maioria, gera sérios conflitos impedindo uma relação saudável, comprometida e integrada (competências).
O processo de aprendizado através da descoberta é significativo para o cultivo de sentimentos profundos de sucesso (desempenho) e fracasso (resiliência) das experiências, extrai-se analogias com o dia a dia, com a realidade profissional e com a vida adulta. Cada indivíduo é convidado a realizar um balanço das práticas que o grupo adota em seu cotidiano, atingindo níveis cada vez maiores de conhecimento de si próprio, do outro, do grupo e do ambiente.

De acordo com a teoria do psiquiatra americano William Glasser (1925 – 2013) o professor é um guia para o aluno e não seu chefe. Acima, apresentamos a pirâmide de aprendizagem onde Glasser explica que não se deve trabalhar apenas com memorização, porque a maioria dos alunos simplesmente esquecem os conceitos após a aula. Em vez disso, o psiquiatra sugere que os alunos aprendem de forma mais efetiva, fazendo. Além disso, Glasser detalha o grau de aprendizagem de acordo com a técnica utilizada.

CARACTERÍSTICAS DO COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR

As atividades propostas durante a Giro estão fundamentadas nas Características de Comportamento Empreendedor . O psicólogo americano David C. McClelland foi o autor que deu início a estudos específicos sobre as ciências do comportamento empreendedor. Destacou o papel dos homens de negócios na sociedade e suas contribuições para o desenvolvimento econômico. Relaciona o conceito de empreendedorismo à necessidade de sucesso, de reconhecimento, poder e controle.
Tendo como base os estudos de McClelland, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) instituiu um programa para o aprimoramento de empreendedores, o Empretec. No Brasil este programa é gerenciado e aplicado Sebrae e, com ele, pretendemos estimular e desenvolver traços inatos encontrados em determinados indivíduos e que se mostram fundamentais em seu comportamento e em sua reação diante de desafios. São 10 características do comportamento empreendedor, a saber:

1. BUSCA DE OPORTUNIDADES E INICIATIVA – Aproveitar as oportunidades, fazer as coisas antes de forçado pelas circunstâncias. Agir para expandir oportunidades, desenvolver novas possibilidades, propor soluções inovadoras. Esta é a característica de coragem do empreendedor de sucesso. Coragem de encarar o desconhecido, pois agem antes de serem forçados pelas circunstâncias. Comportamento empreendedor significa visão, preocupação com os problemas do futuro.
Lado negativo da CCE: A pessoa “não tem os pés no chão”, ou está “nadando na maionese”, ou seja, está sempre pensando e agindo mais em função do futuro e não está atenta ao momento presente.
Citação interessante para refletir: “Onde os outros vêem problemas, o empreendedor vê oportunidades”.


2. PERSISTÊNCIA – Enfrentar os obstáculos decididamente, buscando o sucesso a todo custo, mantendo ou mudando as estratégias, de acordo com as situações. Esta característica é o combustível dos indivíduos empreendedores, eles sempre buscam formas diferentes de alcançar os objetivos, parecem incansáveis quando querem alguma coisa e continuam sua jornada quando muitos preferem desistir.
Lado negativo da CCE: A pessoa é persistente de tal forma, que ainda que tenha boa intenção, está errando e não se dá conta de que deve alterar ou mudar sua estratégia de ação. Leia-se teimosia.
Citação interessante para refletir: “O sucesso nos negócios depende de 10% de inspiração e 90% de transpiração.”


3. CORRER RISCOS CALCULADOS – Disposição de assumir desafios ou riscos moderados e responder pessoalmente por eles. É a característica que faz com que os empreendedores avaliem as alternativas antes da ação. São capazes de enfrentar desafios sem colocar tudo a perder agindo de forma impensada.
Lado negativo da CCE: Tenta eliminar totalmente os riscos. Sabe-se, que nada na vida, e principalmente nos negócios, por sua natureza, tudo que fazemos, existem riscos.
Citação interessante para refletir: “Corra riscos calculados. Isso é bem diferente de ser afoito.”


4. EXIGÊNCIA DE QUALIDADE. FAZER BEM FEITO – Decisão de fazer sempre e melhor, buscando satisfazer ou superar as expectativas de prazos e padrões de qualidade. Esta característica é a paixão dos empreendedores exitosos. Eles sempre buscam uma forma de melhorar o que fazem, diminuir o tempo, reduzir os custos. Eles sempre estão insatisfeitos com o que fazem. A insatisfação é a energia da mudança. É uma característica contínua.
Lado negativo da CCE: É a pessoa perfeccionista. Se, está para lançar um produto, um serviço, enfim, um negócio, ele nunca está pronto. Sempre tem um “probleminha para resolver”. Sempre retarda a sua entrada no mercado.
Citação interessante para refletir: “Eles podem fazer tudo, porque pensam que podem”.


5. COMPROMETIMENTO – Fazer sacrifício pessoal ou dispender esforço extraordinário para completar uma tarefa; colaborar com os outros e até mesmo assumir o lugar deles para terminar um trabalho; se esmerar para satisfazer as expectativas e colocar a boa vontade a longo prazo acima do “lucro” a curto prazo. Os empreendedores sempre fazem o que dizem, cumprem seus compromissos, são fiéis a tudo o que foi combinado. Não podemos esquecer que cada minuto de atraso torna os outros muito mais exigentes. Com esta característica nós vamos decidir se vamos ganhar ou perder. Comprometimento é a honra dos empreendedores.
Lado negativo da CCE: Dedica-se com tanta intensidade ao negócio (ao empreendimento), que esquece cônjuge, filhos, pais, igreja, clube, casa, ou seja, perde o timing das outra coisas da vida.
Citação interessante para refletir: “A verdadeira aprendizagem floresce no caos.”


6. BUSCA DE INFORMAÇÕES – Buscar obter informações antes de tomar decisões. Investigar como fazer ou a melhor forma de agir, consultando especialistas para obter assessoria técnica. Os empreendedores de sucesso são pessoas curiosas, perguntam tudo a todos, estão sempre interagindo com o ambiente interno e externo. Busca de informações é a pedra angular, é a base de toda atividade exitosa.
Lado negativo da CCE: A pessoa fica “atolada nas informações”. Está constantemente buscando informações, em alta quantidade, porém sem qualidade, sem pertinência e até desatualizada, ou não fidedigna.
Citação interessante para refletir: “Aquilo que escuto, eu esqueço. Aquilo que vejo, eu lembro. Aquilo que faço, eu aprendo.”


7. ESTABELECIMENTO DE METAS – Planejar dividindo tarefas de grande porte em subtarefas com prazos definidos. Assumir metas e objetivos que representam desafios e tenham significado pessoal; Os empreendedores de sucesso são pessoas que registram tudo o que querem fazer, vivem fazendo listas sobre tudo e tem prazo definidos para alcançar o que foi programado. Eles sempre sabem ir, nunca andam a esmo. Estabelecimento de Metas é o motor dos empreendedores e é a característica mais importante.
Lado negativo da CCE: A pessoa traça metas “ideais”, as quais não terá as chances de realizá-la.
Citação interessante para refletir: “Uma viagem de mil quilômetros começa com o primeiro passo”.
• MENSURÁVEL – Ser “quantificável” significa poder ser avaliada, medida com precisão através de uma unidade convenientemente escolhida.
• ESPECÍFICO, EXCLUSIVO, ESPECIAL – Por definição tem que ser importante e necessária (relevante) a ponto de ser significativa e desafiadora. Metas devem ser expressas de maneira positiva; Elas devem ser o que você quer, não o que você quer evitar.
• TEMPORAL – Com prazo determinado. Tem espaço de tempo convencionado, e claramente definido, dentro do qual deve ser realizada.
• APLICÁVEL – Uma Meta deve ser exequível, atingível, alcançável, possível, viável. Deve ser, enfim realizável segundo o tempo, os recursos e as competências disponíveis


8. PLANEJAMENTO E MONITORAMENTO SISTEMÁTICOS – Revisar constantemente seus planos, considerando resultados obtidos e mudanças circunstanciais; manter registros para tomar decisões. O planejamento é o mapa dos empreendedores, é um guia valioso, contudo, difícil de ser executado por ser uma tarefa quieta, que exige pensamento e concentração, e os empreendedores gostam de fazer, de realizar, de estar na linha de frente. Agora, é sabido que os melhores resultados sempre ficam ao lado daqueles que planejam.
Lado negativo da CCE: Planeja… planeja…. planeja…. Nunca sai do planejamento para a ação, e se sai, está atrasado.
Citações interessantes para refletir: “Fazer e errar é experiência. Não fazer é fracasso.” “Se não sabes aonde vais, qualquer estrada te levará até lá.”


9. PERSUASÃO E REDE DE CONTATOS – Utilizar estratégias para influenciar e convencer (vencer com) os outros; contar com pessoas-chave como agentes para atingir seus objetivos e atuar para desenvolver e manter boas relações. Os empreendedores de sucesso estão sempre em contato com o maior número de pessoas possível. Tem a capacidade de identificar em outras pessoas pontos para multiplicar sua base de ação e realização.
Lado negativo da CCE: Manipula as pessoas, numa relação antiética. Não trabalha as relações pessoais no “ganha-ganha”.
Citação interessante para refletir: “Milhões de pessoas, estão esperando por nós, para um contato, uma relação e um negócio. Porque nós também estamos esperando?”


10. INDEPENDÊNCIA E AUTOCONFIANÇA – Buscar autonomia em relação a normas e procedimentos; manter seus pontos de vista mesmo diante da oposição ou de resultados desanimadores; expressar confiança na sua própria capacidade de complementar uma tarefa difícil ou de enfrentar desafios. Esta é a consequência de todas as outras características, não a fonte. Os empreendedores são otimistas, quando as coisas não dão certo, mantêm a confiança, vão sempre em frente por acreditarem na sua própria capacidade de realizar aquilo a que se propõem.
Lado negativo da CCE: É a pessoa prepotente ou auto-suficiente.
Citação interessante para refletir: “O mundo se afasta e dá passagem para o homem que sabe aonde vai.”