| Preço não é Tudo… |

.

Caber no Bolso é importante, mas entender como a proposta pedagógica da escola acontece no dia a dia, e ouvir do estudante quais seus interesses permitirá uma escolha mais coerente para o seu desenvolvimento pleno.

A proposta pedagógica de uma Instituição de ensino é sua identidade. Mais que isso, é uma obrigação das escolas prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, que tem como objetivo principal garantir a autonomia das instituições de ensino no que se refere às questões ligadas às gestões pedagógicas, administrativas e financeiras. Mais que uma simples propaganda, deve ser a linha de ensino e de atuação na comunidade. Formaliza um compromisso assumido por professores, funcionários, responsáveis, pais e alunos em torno de um mesmo projeto educacional.

Escolas tradicionais são instrucionistas, baseadas em uma aprendizagem mecânica de assimilação e repetição de informações. Usam sistemas numéricos de classificação e qualquer trabalho escolar vira “projeto”.

Verdadeiramente, os Projetos Didáticos utilizados na Metodologia Ativa é baseada na organização e planejamento do tempo e dos conteúdos que envolvem uma situação-problema. Seu propósito é articular o que os alunos devem aprender com um objetivo sociais(o projeto deve resultar em um produto final, como um livro ou uma exposição, que vai ser apreciado por alguém)..

Escolas modernas focam pessoas, usam processos de avaliação e projetos pautados em competências, habilidades e nos conteúdos científicos necessários para o desenvolvimento dos estudantes.

.


Para saber mais:

〉  Leia a reportagem com o Prof. Fernando Leme do Prado: Preço ou proposta pedagógica. O que é mais importante? 

  Acompanhe o texto do Jornalista e professor universitário Rodrigo Ratier; “Ao escolher escola, olho vivo a quem promete “metodologias ativas”

  Visite nossas páginas:  Nossa Escola   e   Por Que o Rosa?.


Você é mais que um número, senha ou documento.
Venha para o Rosa!